Curso Básico de Introduçao ao Marxismo-Leninismo
Introdução

Curso Básico de Introduçao ao Marxismo-Leninismo
Dividido em 4 núcleos de estudo; Filosofia Marxista, Estado e Classe, Econômica Política e Socialismo, este curso aborda os conceitos básicos do pensamento de Marx, Engels e Lenin. São 9 aulas divididas entre todos os núcleos com uma carga horária total de 14 horas.

Aulas e Horários (ver detalhes)

Introdução ao estudo da Filosofia
Data: Já realizado. Se inscreva aqui para receber o conteúdo.
Hórario: Já Realizado
Professora: Conceição Pereira, professora de Filosofia na Escola Estadual Helena Guerra Tópicos para abordados: 1. O estudo e o domínio do marxismo-leninismo são necessários ao conhecimento da realidade e à luta pela sua transformação: 1.1. A importância do estudo da filosofia: noção de filosofia: filosofia / prática / vida cotidiana; relação entre filosofia e: senso comum; religião; ciência; arte; valores. 1.2. Questões a que a filosofia pretende responder: a questão fundamental (relação entre o ser e o pensar), as questões derivadas e as respostas (materialismo e idealismo; dialética e metafísica). II. A filosofia marxista 1. O materialismo dialético e a concepção materialista de história (materialismo histórico). 2. O mundo pode ser conhecido. A filosofia e as ciências buscam explicar o desenvolvimento da natureza, da sociedade e do pensamento. 3. Tudo no mundo se relaciona, se transforma e se desenvolve 3.1. O conhecimento da realidade e a ação social consciente podem transformar o mundo. 3.2. Exemplos de luta pela transformação social na história da sociedade brasileira.

Leituras Sugeridas:

Três Fontes e as Três Partes Constitutivas do Marxismo - Lênin https://www.marxists.org/portugues/lenin/1913/03/tresfont.htm

https://www.marxists.org/portugues/marx/1880/socialismo/index.htm

Aprofundamento nos conceitos do Materialismo Histórico
Data: Já realizado. Se inscreva aqui para receber o conteúdo.
Hórario: Já Realizado
Professor: Rafael Leal, Diretor de Formação da UJS - Brasil e Professor de Sociologia
Tópicos abordados: 1. A filosofia no contexto do surgimento e desenvolvimento do marxismo. A filosofia como uma das partes constitutivas do marxismo. 2. Relação entre o ser e o pensar: 2.1. Matéria e consciência; realidade e pensamento. 2.2. Existência e consciência; existência social e consciência social. 3. Leis gerais da Dialética – leis tendenciais: 3.1. Tudo se relaciona – lei da ação recíproca e da conexão universal entre os fenômenos. 3.2. Tudo se transforma – lei da transformação universal e do desenvolvimento incessante: a) unidade e luta dos contrários; b) transformações quantitativas em qualitativas; c) negação da negação. 4. Categorias gerais da dialética: unidade; contradição; transição; mediação; totalidade. 5. A Dialética Materialista: 5.1. O universo em desenvolvimento. Evolução da vida, origem e reprodução do ser humano. 5.2. Relação entre produção e reprodução – a base material da condição feminina. 6. Concepção materialista de trabalho: 6.1. A relação homem-natureza. O trabalho, a linguagem simbólica e o pensamento abstrato como traços distintivos do humano. 6.2. Trabalho e alienação. Ideologia. 6.3. O conceito de emancipação.
Leituras Sugeridas:
Prefácio do livro "Princípios Elementares do Materialismo Histórico" - Althusser https://www.marxists.org/portugues/althusser/index.htm

Introdução do Livro "Princípios Elementares do Materialismo Histórico" - Martha Hanecker https://drive.google.com/drive/folders/1n0oAcA75bK5A0WT-LCm89otKiskWohag?usp=sharing

Ler a Quarta - Estudo da Dialética e Quinta Parte - O Materialismo Histórico do Livro Conceitos Elementares de Filosofia" - George Politzer https://www.marxists.org/portugues/politzer/1936/mes/principios-pt.pdf

Introdução aos estudos de Estado e Classe
Data: Já realizado. Se inscreva aqui para receber o conteúdo.
Horário: Já realizado
Professor: Luiz Paulo, mestre em Ciências Sociais pela UFU
Tópicos abordados: 1. As sociedades se desenvolvem; o trabalho na sociedade humana 1.1. O que diferencia uma sociedade de outra é o odo como se produz e é distribuída a riqueza social – crítica às concepções idealistas e deterministas. 1.2. O surgimento das classes sociais – elas não existiram sempre. 1.3. A luta de classes leva às grandes mudanças sociais. 1.4. Referências à luta de classes no Brasil. 2. As classes fundamentais no capitalismo: 2.1. A classe exploradora fundamental – a burguesia.2.2. A classe explorada fundamental – o proletariado. 2.3. Como se dá a exploração do trabalho no capitalismo. 2.4. Como se dá a luta entre as classes – luta econômica, ideológica e política. 3. A sociedade de classes se divide em dominantes e dominados: 3.1. Quem domina economicamente tende a dominar politicamente.

3.2. O Estado nasce para defender os interesses das classes dominantes. 4. O povo brasileiro e seu papel na história 4.1. Os grandes eixos de luta: liberdade, democracia, independência, direitos sociais e socialismo. 4.2. Exemplos históricos.

Leituras sugeridas:

Ler das paginas 20 a 47 da apostila Nível do Curso Nacional do PC do B https://drive.google.com/drive/folders/1n0oAcA75bK5A0WT-LCm89otKiskWohag?usp=sharing

Aprofundamento nos conceitos de Estado e Classe
Data: Já realizado. Se inscreva aqui para receber o conteúdo.
Horario: 14 horas
Professor: Joice Eslabão, educadora de história formada pela FURG, pós-graduanda da UFPel, secretaria de formação do PCdoB de Rio Grande.
Tópicos para abordagem: 1. Modos de produção e suas contradições (forças produtivas X relações de produção), especialmente no Brasil. Papel da produção e da reprodução. 2. Relação entre estrutura econômica e superestrutura jurídico-política e ideológica. 3. Conceitos de classe e luta de classes, classe em si e classe para si. Historicizar a classe: ela tem dois sexos, várias cores etc. 4. Luta de classes como motor da história e seus níveis (econômico, ideológico e político). 5. A luta de classes e sua relação com outras lutas sociais contra a discriminação e o preconceito: o emancipacionismo, o antirracismo, o combate à homofobia etc. 6. Conceito de revolução – revolução política e social, os tipos de revoluções burguesas; as particularidades da revolução socialista. 7. O papel do proletariado na luta pelo socialismo. 8. Conceito marxista de Estado. Tipos de Estado (escravista, feudal, capitalista e socialista e outros) e formas de Estado (democrática, ditatorial, republicana, monárquica etc.). Hegemonia e coerção. 9. Luta de classes e Estado no Brasil.

Texto indicados para leitura

1 - "Classes sociais, estado e marxismo: algumas notas" - Augusto Buonicore 2 - "As transições na história brasileira" - Augusto Buonicore

Link para acesso aos textos: https://drive.google.com/open?id=1n0oAcA75bK5A0WT-LCm89otKiskWohag

Introdução ao estudo da Crítica da Economia Política
Data: 15 de abril Se inscreva aqui para receber o conteúdo.
Horário: 14 horas
Professor: Felipe Belasquen, estudante de Economia da UFRGS, membro da Direção Nacional da UJS e diretor do SINTRAJUFE/RS

Tópicos abordados: 1. Noções preliminares sobre Economia Política Marxista 1.1. O que é economia política marxista.1.2. A necessária correspondência e interdependência entre a infraestrutura e a superestrutura.1.3. A economia como determinação em “última instância” da história da sociedade. 2. Noções Econômicas do Desenvolvimento das Sociedades.3. Noções da Evolução do Sistema Capitalista 3.1. Superação do Feudalismo.3.2. Acumulação primitiva do capital. 3.3. Trabalho artesanal, cooperação, manufatura e grande indústria.3.4. Desenvolvimento desigual e imperialismo. Crítica da

Textos sugeridos:

1. O Manifesto Comunista. - Karl Marx e Engels
2. Prefácio à "Contribuição à Crítica da Economia Política". - Karl Marx
3. Salário, Preço e Lucro. - Karl Marx
4. Do Socialismo Utópico ao Socialismo Científico (sobretudo terceira parte). - Engles
6. Sobre o Papel do Trabalho na Transformação do Macaco em Homem (esse é indispensável). - Engels
7. Crítica ao Programa de Ghota - Karl Marx

Links para os https://drive.google.com/open?id=1n0oAcA75bK5A0WT-LCm89otKiskWohag

Economia Política no Brasil

textos:

Data: 21 de abril
Horario: 14 horas
Professor: Diogo Oliveira, Doutorando em Economia na UFMG
Conteúdo para abordagem: 1. Formação Capitalista no Brasil 1.1. Características da economia cafeeira brasileira: capitalista, exportadora e dependente.1.2. A Economia capitalista exportadora cafeeira e seu papel na transição à industrialização (1888-1930).1.3. A Crise dos anos 1930 e o processo de industrialização.1.4. As características básicas da industrialização brasileira entre os anos 1930 e 1945.

Introdução ao estudo do Socialismo
Professora: Bia Lopes, graduada em história pela UFF e mestre em educação
Data: 23 de abril
Horario: 14 horas
Conteúdo para abordagem: 1. Exposição histórica da luta dos trabalhadores sob as condições do capitalismo até a sistematização do socialismo como corpo científico, avançado em relação ao socialismo utópico 1.1. O socialismo é consequência das contradições da sociedade capitalista. 1.2. O proletariado, desde que criou corpo como classe, fez surgir as primeiras ideias de emancipação social – ainda que estas ideias estivessem permeadas de utopismo, cumpriram papel à resistência. 2. Socialismo – superação do capitalismo e transição ao comunismo 2.1. Temas centrais e parâmetros conceituais do socialismo científico. 2.2.

Socialismo e Comunismo. 2.3. Do Socialismo Utópico... 2.4. Ao Socialismo Científico. 2.5. Socialismo X Capitalismo 2.5.1. A propriedade dos meios de produção. 2.5.2. Poder de Estado e democracia proletária. 2.5.3. A noção de transição (transição e ruptura; transição do capitalismo ao socialismo e a transição do socialismo ao comunismo). 2.6. A construção do socialismo. 3.

Aprofundamento ao estudo do Socialismo
Professor: Mateus Xuxa, graduado em história e mestrando
Data: 27 de abril
Horários: 14 horas
Tópicos para abordagem: 1. As revoluções do século XX (russa, chinesa e outras) e seu significado histórico: Partido, teoria e ação revolucionária. 1.1. A revolução Socialista na Rússia. 1.2. A revolução na China. 1.3. A revolução no Vietnã. 1.4. A Revolução Cubana. 2. Balanço sobre a construção do socialismo na União Soviética e seu legado para o movimento revolucionário. 3. O Programa Socialista do PCdoB: 2.1. O desafio do terceiro ciclo civilizacional.3.2. O fortalecimento da nação como caminho para a transição ao Socialismo.

A história da UJS e da tradição comunista no movimento de juventude
Professor: Tiago Morbach, vice presidente da UJS - Brasil
Data: 29 de abril
Horário: 14 horas
Tópicos para abordagem: 1. O Partido-Leninista: gênese, fundamentos, valores, embates para sua afirmação teórica, política e ideológica 1.1. As contribuições de Marx e Engels à teoria de Partido. 1.2. As contribuições de Lênin: elementos e princípios do Partido Leninista. 2. As principais experiências de organizações de juventude entre os comunistas no mundo. 2.1 As experiências que originaram a UJS; UJP e viração. 2.2 A história da UJS. 2.3 Maneira de atuação e estatuto da UJS.

doacao castro alves